terça-feira, 2 de abril de 2013

Pense de novo - A nossa riqueza

O Brasil é um dos países com maior área verde de todo o planeta. O bioma amazônico, segundo dados, ocupa 49,29% do território brasileiro. No entanto, a riqueza verde que temos parece não mexer com os grandes industriais, que preferem desenvolver suas próprias atividades econômicas do que "explorar" o que já temos.
O termo "explorar" não utilizo no sentido de desmatar, mas sim de investir em pesquisas para a geração de medicamentos e demais tecnologias ecologicamente corretas nas florestas brasileiras.
Com uma indústria farmacêutica desenvolvida, fatalmente o Brasil ganharia profissionais oriundos de outros países e a qualidade das graduações em cursos na área de biológicas cresceria absurdamente. Outras vantagens, além da consequente melhor qualificação profissional, seriam a descentralização industrial e, claro, a preservação das áreas verdes que aqui temos.
Os custos que a indústria verde acarretaria são desprezíveis se comparados aos lucros. A indústria farmacêutica, se bem desenvolvida, atrairia compradores de diferentes partes do globo, podendo levar o Brasil ao status de primeiro mundo.
O que precisamos agora é esperar a boa vontade dos nossos empresários. É preciso abrir os olhos para as riquezas que temos e estamos jogando fora. A sustentabilidade é mais do que uma necessidade contemporânea, é a filosofia de vida que deve imperar no mundo atual.


Romes Sousa
Pulicado em: 01/04/2013 ás 16:00.